Polícia Civil iniciou Operação de Abordagem e Fiscalização em todo estado

Deu início no dia 03/06 na cidade de Vilhena a Operação da Polícia Civil que tem como finalidade a realização de abordagens e revistas pessoais de suspeitos em Estabelecimentos Comerciais, bem como, são realizadas também consulta de furto/roubo dos veículos ali estacionados, consultas de Mandado de Prisão e por fim é analisada a situação do Alvará da Polícia Civil no estabelecimento.

A Operação já foi realizada nos municípios de Vilhena, Cacoal, Espigão do Oeste, Pimenta Bueno, Ministro Andreazza e Alvorada D’Oeste.

Até o momento três pessoas foram conduzidas a Delegacia sendo uma delas uma menor, a qual foi encontrada em uma Tabacaria e no momento não estava acompanhada por nenhum representante legal, os demais foram conduzidos pela prática dos crimes de posse de entorpecente e jogo do bicho.

Foram utilizados na operação aproximadamente 60 policiais, dentre escrivães, agentes e delegados de polícia, 16 viaturas e 02 Drones.

O Escrivão de Polícia Eduardo Areias Louzada Neves, responsável pela fiscalização de Alvarás da Polícia Civil no Interior do Estado acompanha a operação e disse que até o momento mais de 140 Estabelecimentos Comerciais foram verificados, diversas pessoas revistadas, vários veículos e nomes de suspeitos foram consultados para verificar se havia algum tipo de anormalidade, mas, felizmente nada de anormal foi identificado nas consultas realizadas.

Dentre os estabelecimentos comerciais que precisam do Alvará da Polícia Civil estão: Bares, Lanchonetes, Restaurantes, Pizzarias, Lojas de Conveniência, Hotéis, Motéis, Pensões, Oficinas de Moto, Oficinas de Carro, Bicicletarias, Desmanches, Joalherias, Empresas de Transporte de Valores, Estacionamentos, Cinemas, Locadoras de Video, Lan House, Balneários, Locadoras de Veículos, dentre outras, as quais estão elencadas na Tabela B da Lei nº 3.106/13 que poderá ser acessada através do site www.funrespol.pc.ro.gov.br no menu downloads.

O objetivo da operação é inibir a criminalidade e reforçar a segurança tanto da população quanto dos comerciantes.

É importante lembrar que os recursos recebidos com o pagamento dos alvarás são utilizados na compra de equipamentos para Polícia Civil, tais como: Computadores, Impressoras, Scanners, Mobiliário e equipamentos de investigação, como Drones, Câmeras Fotográficas, dentre outros. Esses equipamentos tem o objetivo de atender melhor a população e facilitar a identificação de criminosos.

Então, aquele comerciante que estiver relacionado na Tabela B da Lei nº 3.106/13, procure a Delegacia de Polícia de sua cidade para retirar o Alvará da Polícia Civil, ou acesse o site www.funrespol.pc.ro.gov.br/emissao-alvara para fazer sua solicitação online, evitando com isso procedimento administrativo e/ou criminal por exercer atividade econômica sem preencher as condições a que por lei está subordinado o seu exercício.

No período de março de 2018 á março de 2019 foram expedidos 1.743 alvarás para Estabelecimentos Comerciais e 529 Alvarás para realização de Eventos.

As operações serão realizadas com frequência em todo estado.

Fonte: FUNRESPOL - Fundo Especial de Reequipamento Policial